Truques para um bom banho de banheira

Na banheira, para uma descontração total, coloque compressas sobre os olhos com algodão embebido em chás de folhas de tília, de camomila ou em loção para as pálpebras.

Aproveite também para aplicar uma máscara semanal no rosto, pois com os vapores quentes seu efeito será redobrado.

Depois do banho, passe uma lavanda de bebé em todo o corpo e fique com um aroma irresistível.

Se sua pele for um pouco áspera, experimente colocar algumas gotinhas de óleo de amêndoas doces dentro do vidro de seu perfume.

Para um melhor efeito, os banhos de algas devem ser seguidos de uma ducha fria de chuveiro.

As espumas de banho também podem ser usadas no chuveiro; basta colocar uma pequena quantidade sobre uma esponja macia e ensaboar o corpo.

Quem sofre do coração, tem problemas de circulação ou renais não deve adotar o hábito dos banhos de imersão sem o consentimento de seu médico. Nos chuveiros ou duchas, deve dar preferência à água em temperaturas mais
baixas.

Estômago cheio também sobrecarrega a circulação, por isso o banho deve ser tomado antes das refeições.

O banho frio é bom para quem sofre de asma ou bronquite crónica, mas deve ser evitado por quem é muito nervoso.

Para proteger os cabelos do resseca-mento provocado pelo vapor, passe um creme neles e os enrole em uma toalha ou papel-alumínio.

No inverno a sua pele também perde água e o sebo protetor, por isso evite os banhos excessivamente quentes, que desidratam a sua pele.

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.