Saúde da mulher durante as fases da vida

Segundo o IBGE, as mulheres vivem em média 79,9 anos. São mais de 28 milénio dias de vida e devemos sempre cuidar da nossa saúde.
Ao nascer, passamos por alguns exames importantes para diagnosticar possíveis doenças e para confirmar a saúde do recém-nascido. O médico responsável pela saúde da gaiato é o pediatra. O Ministério da Saúde recomenda consultas regulares do primeiro mês aos dois anos de idade.

Dos 2 aos 6 anos, as consultas devem ser de seis em seis meses. E dos 6 aos 10 anos, consultas uma vez ao ano. Os primeiros anos de vida requerem um desvelo reduplicado na saúde do bebê, e os pais devem estar atentos principalmente as vacinações necessárias, porquê a BCG,
tríplice viral, entre outras.

Para facilitar e esclarecer quanto às datas das vacinações, será entregue ao responsável pela gaiato a carteira de vacinação. E caso preferir, você pode utilizar o aplicativo do Ministério da Saúde.

Quando a {menina} passa para a tempo da juventude e menstrua, o médico responsável por sua saúde passa a ser o ginecologista. Esse profissional é especializado em questões porquê sustento, cuidados com corpo e prevenção de doenças. Um estudo realizado pela Organização

Mundial da Saúde revela que 22% dos adolescentes iniciam atividade sexual aos 15 anos de idade. Pais e mães devem conversar
claramente com suas filhas sobre todas as questões e dúvidas que surgem na juventude, porquê: uso de preservativos; doenças sexualmente transmissíveis; drogas e outras dúvidas que podem surgir.

A jovem pode consultar também o médico hebiatra. Esse profissional é especializado na saúde do jovem e, além de orientações porquê sustento, cuidados com corpo e prevenção de doenças, ele pode tratar assuntos porquê sexualidade e dúvidas sobre drogas.

Nessa tempo, novas vacinas e reforços são necessários, porquê a vacina contra HPV e a hepatite B. Quando a mulher chega à tempo adulta
novas questões que começam a surgir, porquê a gravidez e doenças porquê o cancro de pomo, o HPV e o cancro de pele.

O tipo de cancro mais geral entre as mulheres é o de pele, seguido pelo cancro de pomo. A Sociedade Brasileira de Dermatologia recomenda evitar exposições excessivas ao sol e proteger a pele dos efeitos da radiação UV diariamente. Logo, use protetor solar!

No caso do cancro de pomo, o autoexame mensal é fundamental. Caso houver qualquer modificação ou caroço, deve-se procurar um médico e realizar uma mamografia.

A mamografia preventiva deve ser feita dos 50 aos 69 anos ou antes, conforme solicitação médica. Segundo o Instituto Pátrio do Cancro (INCA), a prática de exercícios e sustento saudável reduzem até 28% a chance de desenvolver o cancro de pomo. A amamentação também é um fator protetor.

Outro problema grave é o HPV. Estima-se que ao menos 50% das mulheres com vida sexual ativa tiveram ou viram a ter contato com o vírus. Esse vírus pode motivar alguns tipos de cancro, porquê o de pescoço de útero, ânus e vagina. Para a prevenção do cancro de pescoço de útero ou qualquer modificação na região é feito o papanicolau.

Esse examinação deve ser feito anualmente por todas as mulheres. Além desses cuidados, também devemos consultar um galeno universal anualmente, para realizar exames preventivos e tomar as vacinas e reforços necessários. Mulheres que desejam ter filhos devem procurar um ginecologista e obstetra. Eles aconselharam sobre prenhez, parto e pós-parto.

O corpo da mulher passa por alterações hormonais durante toda a vida. Entre os 40 e 50 anos começam os efeitos da menopausa, pela subtracção da produção de hormônios sexuais. Para prometer uma vida saudável nesse período, faça exercícios físicos regularmente e cuide da sustento.

Aumente o consumo de frutas e proteínas magras. Os derivados de soja podem ajudar a diminuir as ondas de calor. A partir dos 60 anos é o geriatra que vai tratar da nossa saúde. Nessa tempo também são necessários cuidados especiais. Devemos permanecer atentos a doenças porquê: diabetes, hipertensão, problemas cardiovasculares, osteoporose e outras doenças.

Um ótimo jeito de você evitar essas doenças é realizar atividades físicas regulares, manter uma sustento saudável, cuidar da qualidade de seu sono, de sua saúde emocional, evitando o estresse. Os cuidados que temos com a nossa saúde permitem que possamos aproveitar a vida com mais qualidade e bem-estar. Logo, cuide-se!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.